MULHER CRIA TURBANTE COM CABELO PARA PESSOAS COM CANCER

turbantes para cancer

A ideia do negócio surgiu há três anos quando viU um relato de pacientes com câncer que perderam seus cabelos por causa do tratamento. Sabemos que este é um momento muito delicado, e então pensei no que poderia fazer para ajudá-lo.

Cleonice, como é chamada, vende produtos para mulheres que tiveram câncer de mama. No começo ela só vendia grampos de cabelo e turbantes, então pensou em colocá-los juntos e fazer algo que pudesse competir com as perucas tradicionais. O principal produto da empresa é o ‘Hair Manero’: foi desenvolvido como uma alternativa que não perturbaria o couro cabeludo, seria de fácil manuseio e tornaria o cabelo mais natural.

O serviço afeta muitos espectadores, incluindo homens. Não muito tempo atrás, o ator pediu para fazer um turbantes para cancer feito para o ato/cena que ele faria. Embora trabalhem com todo tipo de cabelo, a maioria dos que deixam o negócio é Afros.

Cleonice mesmo quem compra cabelos e tecidos, e leva algum tempo para ajustar, então é muito cuidadosa com o controle de qualidade. Os preços correspondem a todo o processo de produção e minhas vendas duram em média uma hora e meia, porque quer que o cliente fique feliz com o que ele compra.

Depois da participação na feira negra (evento anual desde 2002, que reúne empresários negros e criadores de diferentes setores), tiveram um grande faturamento de vendas, em novembro vendeu 30 peças.

O mercado está mudando muito rápido, todo ano pode ser diferente, então o conselho dado para quem quer abrir o próprio negócio estar sempre atento a todas as tendências que fazem parcerias que contribuem para o seu negócio e, claro, trazem um produto de qualidade porque a marca será lembrada por isso.