Oque essa doença causa





limites aparentes da doença ainda não são claramente conhecidos. A doença é fatal e afeta a maioria dos demônios. O mecanismo infeccioso ainda não está claro, embora as taxas de infecção sugiram que seja possivelmente altamente infeccioso entre demônios. Até agora, a doença só foi detectada em demônios selvagens no continente da Tasmânia. No entanto, uma doença com semelhanças superficiais foi detectada em coalas selvagens na Austrália continental e em gatos e porcos. 

Contrate Plano de Saude no Rio de Janeiro
Uma grande investigação da doença e seus impactos nas populações selvagens está atualmente em andamento. Todo o trabalho realizado é vital na identificação de estratégias de gestão para garantir a sobrevivência contínua do diabo da Tasmânia. 

Se o número de demônios continuar a cair na grande taxa indicada acima, há uma preocupação de que isso possa levar a um aumento no número de outras espécies não-nativas, como gatos selvagens e raposas, recentemente consideradas como introduzidas na Tasmânia. Mooney (2004, p. 34) diz que os demônios normalmente atuariam como um amortecedor contra as raposas através da competição por carniça e predação em filhotes de raposa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *